O que são problemas de auto-estima?

Ter um nível saudável de auto-estima é um aspecto fundamental de ter um bom senso de bem-estar mental. Um bom senso de auto-estima pode ajudá-lo a atingir o seu potencial na escola, no trabalho, nos relacionamentos e em todas as áreas da sua vida.
As pessoas que têm baixa auto-estima tendem a ter um baixo desempenho, têm medo de ir atrás de seus sonhos e tendem a permanecer em relacionamentos insatisfatórios ou insalubres.
Eles também são mais vulneráveis a sentimentos de ansiedade e depressão. No outro extremo do espectro, aqueles que têm um senso exagerado de auto-estima muitas vezes sentem-se especiais e têm um senso de direito que os outros podem ver como arrogantes e exigentes. No extremo, essas pessoas podem ter transtorno de personalidade narcisista. Pode parecer contra-intuitivo.

Quem é afetado por questões de auto-estima?

A baixa auto-estima é comum. A auto-estima normalmente flutua ao longo da vida.
Em geral, a auto-estima é bastante alta durante a infância, diminui durante a adolescência (especialmente nas meninas), aumenta constantemente ao longo da idade adulta e tende a cair acentuadamente na velhice.

Pesquisas do Dove Self-Esteem Project mostram que 7 em cada 10 meninas dizem que não estão à altura ou não são boas o suficiente de alguma forma. E 85% das mulheres e 79% das meninas dizem que optam por não participar de atividades quando não se sentem bem com a sua aparência.

A baixa auto-estima pode afetar meninos e homens também. Num estudo, mais de 80% dos homens disseram que falam sobre imagem corporal e apontam falhas e imperfeições de maneiras que promovem a ansiedade.

Quais são os sintomas de problemas de auto-estima?​

Sinais e sintomas de problemas de auto-estima geralmente surgem durante a adolescência de uma pessoa ou no início da idade adulta.

Veja abaixo nesta página para aprender as características associadas à auto-estima saudável e alguns dos sintomas comuns associados à baixa auto-estima e à auto-estima excessiva.


Problemas de auto-estima que não são controlados podem levar a consequências físicas, psicológicas e sociais.

Baixa auto-estima:

Ansiedade

Depressão

Abuso de substâncias

Violência

Suicídio

Distúrbios alimentares:

Auto-estima excessiva

Abuso de substâncias

Ansiedade

Transtornos de Humor

Violência

Suicídio


Porquê escolher a clínica Lugar Seguro para tratar problemas de auto-estima?

A clínica Lugar Seguro usa instrumentos de avaliação do cérebro como parte de uma avaliação abrangente, que pode ajudar a determinar se os seus problemas de auto-estima estão relacionados a quaisquer condições de saúde mental que também precisam de tratamento.
Na clínica Lugar Seguro, também avaliamos outros fatores – biológicos, psicológicos, sociais e espirituais – que podem contribuir para problemas de auto-estima. Com base em todas essas informações, podemos personalizar o tratamento, que pode incluir formas úteis de psicoterapia, suplementos naturais, nutrição, exercícios e medicamentos (quando necessário).

Cérebros de baixa auto-estima e alta auto-estima
funcionam de forma diferente

Estudos de neuroimagem ensinam-nos mais sobre onde a auto-estima se localiza no cérebro.
Um estudo de 2017 da eLife identificou o que acontece no cérebro quando a auto-estima de uma pessoa sobe ou desce. Recrutaram 40 pessoas que concordaram em ter os seus cérebros analisados por ressonância magnética enquanto eram julgados por estranhos – recebendo um polegar para cima ou um polegar para baixo.
Os pesquisadores descobriram que a atividade relacionada à auto-estima ocorre na ínsula e no córtex pré-frontal, áreas do cérebro relacionadas à avaliação e aprendizado. Neste estudo, as pessoas que tiveram a maior flutuação na atividade cerebral nessas áreas durante a tarefa de avaliação social também apresentaram menor auto-estima e eram mais propensas a ter ansiedade ou depressão.

Quer saber mais? Fale connosco

geral@lugarseguro.pt

223 267 608 / 915 100 103

Sintomas de problemas de auto-estima

Problemas de auto-estima podem manifestar-se de várias maneiras. Como pode saber se o seu nível de auto-estima é saudável ou se pode ter um problema? Verifique as seguintes características associadas a uma auto-estima saudável, baixa e excessiva.

A auto-estima saudável está associada a:

  • Perspetiva positiva
  • Geralmente gostando de si mesmo
  • Confiança nas suas habilidades
  • Capacidade de lidar com críticas construtivas
  • Consciência dos seus pontos fortes e fracos
  • Situações negativas não colorem a sua visão da vida
  • Sentir-se à vontade para dizer não às coisas
  • Sentir-se à vontade para pedir ajuda
  • Capacidade de suportar o stress

A baixa auto-estima está associada a:

  • Sentindo-se desagradável
  • Perspetiva negativa
  • Falta de confiança
  • Medo excessivo do fracasso
  • Problemas para aceitar críticas ou feedback positivo
  • Foco excessivo e insegurança sobre as suas fraquezas
  • Experiências negativas afetam sua visão geral das coisas
  • Sentindo a necessidade de dizer sim a tudo para apaziguar os outros
  • Desconfortável expressando as suas necessidades
  • Preocupação com a forma como os outros o percebem
  • Sentimentos de ansiedade, depressão, vergonha ou inadequação

A auto-estima excessiva está associada a:

  • Um senso exagerado de auto-importância
  • Um desejo de ser reconhecido como especial
  • Um sentimento de direito a tratamento especial
  • Uma tendência a exagerar realizações ou talentos
  • Precisa de validação externa para se sentir bem consigo mesmo
  • Arrogância

Venha conhecer-nos! Podemos ajudá-lo a reencontrar o equilíbrio que deseja!

Esperamos por Si…com o Sorriso de Sempre!